Constantes WordPress

Constantes são valores que possuem informações não variáveis, por exemplo, informações que não sofrerão alterações após sua declaração. Para quem irá programar ou desenvolver através do CMS WordPress, é interessante dominar quais são as suas constantes. Note que para ver o valor adotado por uma determinada constante, basta imprimir ela na tela através da função echo do PHP; claro que você deve inserir o comando echo, ou em algum plugin ou no arquivo functions.php do tema atual do blog em questão. No WordPress, e em PHP também, é utilizado todas as letras maiúsculas para nomes de constantes.

Constantes WordPress: Lista

WP_USE_THEMES – essa constante é definida já no index.php do blog, ela vem com um valor padrão true, se você alterar para false, o blog não carregará o tema e não o exibirá aos visitantes. Embora possa parecer um desserviço configurar esse valor para false, saiba que o admin do blog continuará funcionando perfeitamente, ou seja, essa configuração é útil para quem só quer utilizar o painel admin do blog e desaticar o carregamento de funções, arquivos, etc, referente ao tema de entrada do site, aumentando consideravelmente o desempenho de carregamento.

DB_NAME – constante que contém o nome do banco de dados onde o blog foi instalado. Você define essa constante no arquivo wp-config.php

DB_USER – contém o usuário do banco de dados. É definida no arquivo wp-config.php

DB_PASSWORD – senha do banco de dados. É definida no arquivo wp-config.php

DB_HOST – url do servidor do banco de dados. Na maioria dos servidores web esse url é localhost. É definida no arquivo wp-config.php

DB_CHARSET – charset para criação das tabelas no banco de dados. É definida no arquivo wp-config.php

DB_COLLATE – O collate type do banco de dados. Não altere se estiver em dúvida.

As constantes abaixo, também definidas no arquivo wp-config.php, tem o objetivo de proteger sua privacidade, ou melhor dizendo, a privacidade e segurança de seu blog WordPress.


AUTH_KEY
SECURE_AUTH_KEY
LOGGED_IN_KEY
NONCE_KEY
AUTH_SALT
SECURE_AUTH_SALT
LOGGED_IN_SALT
NONCE_SALT

Configurando uma frase diferente para cada constante acima, você estará garantindo muito mais trabalho para um hacker que queira hackear seu blog, mas note que você deve informar uma frase diferente para cada constante dessas.

WPLANG – Define a linguagem da localização do blog. Se esta constante estiver vazia, será considerado a linguagem inglesa. É definiada no arquivo wp-config.php. Para quem vai utilizar o pacote de tradução português do Brasil deve por nessa constante o seguinte: “pt_BR”.

WP_DEBUG – Se esta constante for definida como true, o CMS irá exibir notificações, isso é ideal para quem irá desenvolver plugins ou criar temas, então convém configurar esta constante para true durante o desenvolvimento e depois configurá-la novamente para false. É definida no arquivo wp-config.php

ABSPATH – caminho absoluto onde o blog está instalado. Pode ser algo do tipo: C:\wamp\www/ (para Windows) ou /home/user/public_html/ (para Linux). É definida no arquivo wp-config.php

WPINC – Define o nome da pasta de inclusão, ou seja, a pasta onde estão armazenadas as funções, classes, conteúdos do núcleo do CMS, etc. Esta constante é definida no arquivo wp-setttings.php

As constantes abaixo definem o limite de memória do WordPress e o limite máximo:

WP_MEMORY_LIMIT
WP_MAX_MEMORY_LIMIT

Essas constantes são definidas no arquivo default-constants.php. Por padrão, o Wodpress vem configurado para utilizar no máximo 32MB de memória, o que pode, em alguns casos, causar problemas, veja nesse artigo como aumentar o tamanho limite de memória que o WP pode utilizar: Aumentar Memória do WordPress

WP_CONTENT_DIR – Define o caminho absoluto do diretório de conteúdo do blog. Na plataforma Windows poderia ser algo do tipo: C:\wamp\www/wp-content. É definida no arquivo default-constants.php

WP_DEBUG_DISPLAY – Define se o blog wordpress deve exibir erros do PHP ou ou não, por padrão o valor é true. É definida no arquivo default-constants.php

WP_DEBUG_LOG – Define se é para salvar o log de erros em um arquivo localizado em: wp-content/debug.log. O valor padrão é false. É definida no arquivo default-constants.php

WP_CACHE – Define se o WordPress deve permitir plugins trabalharem com cache. O valor padrã é false. É definida no arquivo default-constants.php. Trabalhar com cache aumenta o desempenho do seu Blog, mas pode consumir muito mais HD do seu servidor de hospedagem Web.

MEDIA_TRASH – Define se o WordPress deve permitir ou ativar o recurso de enviar arquivos de mídia para a lixeira. O padrão é false. É definida no arquivo default-constants.php

SHORTINIT – Define se deve ser carregado apenas configurações básicas do WordPress. O valor padrão é false. É definida no arquivo default-constants.php

WP_CONTENT_URL – Url do diretório de conteúdos do blog. Poderia ser: https://andersonmakiyama.com/wp-content. É definida no arquivo default-constants.php

WP_PLUGIN_DIR – Define o caminho absoluto do diretório de plugins. Poderia ser: C:\wamp\www/wp-content/plugins. É definida no arquivo default-constants.php

WP_PLUGIN_URL – Url do diretório de plugins. Poderia ser: https://andersonmakiyama.com/wp-content/plugins. É definida no arquivo default-constants.php

WPMU_PLUGIN_DIR – Caminho absoluto do diretóriro de plugin para instalações multiblogs. Poderia ser: C:\wamp\www/wp-content/mu-plugins. É definida no arquivo default-constants.php

WPMU_PLUGIN_URL – Url do diretório de plugins para instalações de multiblogs. Poderia ser: https://andersonmakiyama.com/wp-content/mu-plugins. É definida no arquivo default-constants.php

COOKIEHASH – Hash de cookie único. É definida no arquivo default-constants.php

As constantes abaixo definem várias informações sobre cookies, como nome de cookies, autenticação, caminho, etc.

USER_COOKIE
PASS_COOKIE
AUTH_COOKIE
SECURE_AUTH_COOKIE
LOGGED_IN_COOKIE
TEST_COOKIE
COOKIEPATH
SITECOOKIEPATH
ADMIN_COOKIE_PATH
PLUGINS_COOKIE_PATH
COOKIE_DOMAIN

São definidas no arquivo default-constants.php

Constantes abaixo definen se o WordPress deve forçar conexão segura (SSL) quando os usuários forem se autenticar no blog. O padrão é false.

FORCE_SSL_ADMIN
FORCE_SSL_LOGIN

São definidas no arquivo default-constants.php. Só é útil caso o seu servidor de Hospedagem Web suporte conexão segura (Secure Socket Layer). Utilizar conexão SSl ajuda a evitar a técnica hacker “Man in the Middle”

AUTOSAVE_INTERVAL – Notou que, quando você está criando um novo post, o WordPress salva de tempo em tempo o que você já escreveu? Pois é, essa constante define o intervalo de tempo (em segundos) que o auto-salvamento deve ser feito. O Padrão é 60 segundos. É definida no arquivo default-constants.php

EMPTY_TRASH_DAYS – Define quantos dias um post, página, etc, deve estar na lixeira para de fato ser excluído definitivamente. O Padrão é 30 dias. É definida no arquivo default-constants.php

WP_POST_REVISIONS – Define se é para salvar revisões dos posts ou não. O padrão é true, porém para quem tem blog onde um usuário é o único responsável por seus posts, é interessante desativar este recurso para poupar espaço no banco de dados. É definida no arquivo default-constants.php

TEMPLATEPATH – Caminho absoluto do tema atual do blog. Poderia ser: C:\wamp\www/wp-content/themes/twentyten. É definida no arquivo default-constants.php

STYLESHEETPATH – Caminho do diretório do arquivo de estilos do tema atual. Poderia ser: C:\wamp\www/wp-content/themes/twentyten. É definida no arquivo default-constants.php

WP_DEFAULT_THEME – Nome do tema atual do blog. É definida no arquivo default-constants.php

WP_LANG_DIR – Caminho absoluto da pasta de linguagens. Poderia ser: C:\wamp\www/wp-content/languages. É definida no arquivo load.php

Constantes WordPress: Conclusão

Bom, por hoje creio que já temos pano pra manga. Mas note que existem várias outras constantes no WordPress, num próximo post iremos abordar outras constantes do nosso querido WP.

Até o próximo post aqui no blog.

Constantes WordPress
4.7 (93.55%) 31 vote[s]

Leave a Reply